Acontece neste sábado (17), a mobilização da campanha nacional de multivacinação e poliomelite – ‘Dia D’. Diversas unidades de saúde estarão abertas para atender crianças e adolescentes em Mato Grosso do Sul. Essa é a oportunidade em que os pais poderão atualizar em um único dia, a Caderneta de Vacinação, de seus filhos. A meta da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é que sejam imunizadas 160 mil crianças contra a poliomelite no Estado. Ao todo, 18 vacinas serão disponibilizadas à toda população.

Segundo a Gerente Técnica de Imunização, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger, o coronavírus alterou a rotina de todos, e em razão da pandemia, muitos pais deixaram de vacinar os seus filhos. “Estamos bem esperançosos com esta campanha e pedimos aos pais que procurem as unidades de saúde. Todos os protocolos de segurança recomendados pela SES e pelo Ministério da Saúde serão seguidos para minimizar o risco de infecção pelo vírus”.

Ana Paula ainda chama atenção que crianças a baixo de cinco não precisam usar a máscara. “Os protocolos dos Ministério da Saúde apontam que não há essa necessidade de uso de máscaras em crianças desta faixa etária”, lembra.

Para atender a campanha, todas as unidades de saúde das 79 cidades do Estado foram abastecidas com as vacinas. “Mais de 160 mil vacinas foram distribuídas para os municípios. Nosso pedido e que a população nos apoie para que continuemos forte na vacinação”, destaca a gerente.

Público alvo

A SES alerta sobre a importância da imunização como uma forma de garantir o controle e eliminação das doenças imunopreveníveis como, por exemplo, da pólio, rubéola e da síndrome da rubéola congênita.

“A vacinação é o único meio de prevenção contra várias doenças. Neste ano, nós tivemos sete casos de sarampo confirmados e ficamos temerosos do retorno desta doença que já foi erradicada com vacina”, destaca Ana Paula.

A estratégia da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é imunizar no mínimo 80% dos adolescentes de 11 e 12 anos e 95% das crianças menores de 5 anos em Mato Grosso do Sul. Assim, todas as Cadernetas de Vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade e, contra a Poliomielite, em crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade poderão ser atualizadas.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) oferece 18 vacinas para crianças e adolescentes. No dia 17, está programada uma mobilização nacional de vacinação.

Veja quais são as vacinas disponíveis:

Vacinas disponibilizadas para crianças: BCG; Hepatite B; Poliomielite 1,2,3 (VIP – inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP – atenuada); Rotavírus humano G1P1 (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela, pneumocócica 23-valente (Pncc 23*) vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.

Vacinas disponibilizadas para adolescentes: Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23) vacina indicada para população indígena.