O Governo do Estado prepara uma força-tarefa no setor da saúde para desafogar a fila de espera por cirurgias e exames especializados. Segundo o governador Reinaldo Azambuja, a ideia é realizar os procedimentos no período pós-pandemia.

Entre os procedimentos médicos que devem ser realizados estão as cirurgias ortopédicas de quadril e coluna e as cirurgias oftalmológicas, além de exames oncológicos e de tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas, entre outros.

Em videoconferência, realizada nesta quarta-feira, dia 16, Reinaldo Azambuja detalhou o planejamento para prefeitos, secretários municipais de saúde e presidentes de unidades privadas de saúde, e ainda liberou um socorro emergencial de R$ 27,5 milhões para os municípios ampliarem as ações de enfrentamento à Covid-19.

Na Capital, o Estado já trata da realização das cirurgias eletivas e dos exames especializados com os hospitais, entre eles a Santa Casa de Campo Grande e o Hospital de Câncer Alfredo Abrão (HCAA).