Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero
ALMS

Hélio diz que hospital está lotado, faltam remédios e equipamentos em Ponta Porã

Após o protesto dos comerciantes na manhã desta sexta-feira (26), em frente à prefeitura, o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo (PSDB), publicou um vídeos em suas redes sociais afirmando que o Hospital Regional está lotado, sem condições para receber pacientes com Covid-19, e que falta medicamentos.

“Nós estamos com o hospital lotado, e equipamentos e remédios em falta, o que vai agravar a saúde de Ponta Porã nos próximos dias, ainda mais considerando que a microrregião atende 14 municípios”, revelou o chefe do Executivo.

Hoje, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) informou que Ponta Porã totaliza 5.084 casos confirmados do Novo Coronavírus e 113 óbitos.

Até 4 de abril, em todo o território sul-mato-grossense, apenas serviços essenciais podem funcionar. Aos sábados e domingo, o toque de recolher passou a ser das 16h às 5h, e de segunda a sexta-feira, das 20h às 5h.

No entanto, ele defendeu a reabertura do comércio, desde que seja de maneira gradativa.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais