Notícias de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero

Hospital Regional de Ponta Porã avança nas metas do projeto Paciente Seguro 

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã, obteve destaque nas metas do projeto Paciente Seguro. No mês de maio foi registrada redução de lesão por pressão na Unidade de Terapia Intensiva e redução de erros na dispensação de medicamentos, além do aumento da adesão de higienização das mãos. O hospital é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Mato Grosso do Sul.

“Nós já participamos há mais de um ano do projeto e nesse período tivemos várias conquistas. Realizamos mensalmente ações e educação continuada que possibilitam avançarmos nas metas, nosso intuito é promover uma assistência segura e com qualidade”, afirmou a enfermeira e coordenadora do núcleo de segurança do paciente, Deborah de Souza.

Dentre as metas que obtiveram destaque figura a prevalência por lesão por pressão (reduzida de 33% para 10%), devido a implantação de novas práticas. O coordenador da UTI ressaltou as ações que auxiliaram a meta. “Para otimizar a prevenção de lesão por pressão contamos com apoio de toda equipe multidisciplinar, utilizamos colchões pneumáticos que aliviam a pressão, avaliamos a pele do paciente a cada 24 horas e mudança do estado clínico, aplicamos creme para hidratação da pele e utilizamos o relógio de mudança de decúbito”, disse.A coordenadora do núcleo de segurança do paciente destaca os dados obtidos no projeto.

“Nós tivemos avanços significativos. Nossa meta era reduzir a lesão por pressão na Unidade de Terapia Intensiva em junho para 16.6% e conseguimos chegar em 10%. Houve também maior adesão na higienização das mãos de 84% e intensificamos as ações de incentivo e conscientização”, ressaltou Deborah de Souza.

Paciente Seguro – Desde abril de 2019 o Hospital Regional de Ponta Porã é um dos três hospitais do Mato Grosso do Sul que integram o projeto Paciente Seguro. A iniciativa é coordenada pelo hospital de excelência Moinhos de Vento, em parceria com o Ministério da Saúde por meio do PROADI-SUS. Uma das medidas do programa é promover ações para a implantação de práticas seguras.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou cienteSaiba mais