Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (05) no Anfiteatro da Prefeitura de Ponta Porã, o Prefeito Municipal Hélio Peluffo, acompanhado do Secretário Municipal de Saúde Dr Patrick Derzi e do Secretario Municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Campos confirmou mais um caso de Coronavírus Covid 19 no município que faz fronteira com Paraguai.

O novo caso foi registrado por um cidadão chinês de grupo de risco por idade, o qual não teve o nome revelado, que teria vindo de São Paulo em veículo próprio acompanhado com um motorista, no dia 26 de março.

O infectado teria vindo a fronteira já que possui familiares com residência em Ponta Porã. Conforme relato divulgado durante a entrevista coletiva, assim que sentiu sintomas típicos do Coronavirus procurou o Hospital Cassems, não tendo cobertura em seu Plano de Saúde foi imediatamente atendido no Hospital Regional de Ponta Porã e submetido a todos os exames e procedimentos que detectaram uma possível infecção típica do Covid-19.

Assim que soube o paciente contratou uma ambulância particular com motorista e enfermeiro e seguiu para internação em Hospital particular em Campo Grande, capital do Estado.

O Hospital Regional de Ponta Porã solicitou a agilidade na liberação do teste, que foi dado como positivo para o Covid-19.

O prefeito Hélio Peluffo lamentou a constatação de mais um caso de COVID 19 em Ponta Porã, que vem realizando um amplo trabalho de conscientização junto a população para evitar o contágio e consequente aumento dos casos de coronavírus na fronteira.

“Logo que soube da notícia fiquei muito triste, pois temos dedicado todos os esforços junto a nossa equipe para evitar a proliferação dos contágios de Coronavírus em nossa cidade, seguindo rigorosamente todos os procedimentos previstos pelos especialistas” Disse Hélio.

Hélio Peluffo disse ainda que a equipe da Secretaria Municipal de Saúde, tomou todas as providencias necessárias higienizando a residência, isolando as pessoas que estavam próximas ao infectado e mantendo em quarentena enfermeira e motorista que acompanharam o paciente até Campo Grande.

Ponta Porã havia confirmado até agora apenas 01 caso de Covid-19, como o paciente Chines possui domicilio no município, o caso será registrado na fronteira. Assim sendo o segundo caso confirmado.

“Além de termos mais um caso, também ficam sob suspeitas mais quatro pessoas da família e os dois profissionais da ambulância, vejam como é preocupante esse novo momento e merece maior cuidado e precaução de toda população” frisou Hélio Peluffo.

Flexibilização

Com a confirmação de um novo caso de Coronavírus em Ponta Porã, a flexibilização que vem tendo um adesão cada vez maior por parte de diversos segmentos da sociedade, em especial o setor de comércio deverá ter uma precaução maior por parte das autoridades.

Segundo disse o Prefeito Hélio Peluffo todos os decretos feitos para flexibilização são feitos mediante critérios rigorosos, para que possa haver um controle da doença e as atividades retornem de forma gradativa e planejada.

“Tenho observado e me preocupa o relaxamento da população em relação aos cuidados essenciais para evitar o contágio deste vírus. Claro que com este novo caso, a precaução precisa ser maior e estaremos tomando todas as providencias necessárias para evitar a proliferação do vírus, porém o cidadão precisa ter consciência da gravidade da situação e colaborar usando mascaras diariamente, evitando aglomerações, respeitando ainda mais o isolamento social”.

Máscara

Perguntado a respeito da obrigatoriedade da utilização da máscara em Ponta Porã, o prefeito Hélio Peluffo lembrou que a equipe estará monitorando, uma vez que havia apenas um caso na cidade e estava sob controle.

“Acredito muito na conscientização, um papel que a imprensa local tem feito de forma exemplar, informando a população que por sua vez deve ter conscientização dos cuidados que deve tomar para evitar o contágio do Covid-19”.

Penalidades

Durante a entrevista coletiva o Prefeito Hélio Peluffo foi enfático ao afirmar que os estabelecimentos que descumprirem as orientações previstas nos decretos estarão sujeitas as penalidades.

“Temos acompanhado toda movimentação em nosso munícipio, nos chega reclamações de aglomerações, horários de atendimento e estamos fiscalizando, por meio do monitoramento temos informações precisas de um possível surgimento de casos do Covid-19 e as instituições ou empresas responsáveis serão penalizadas conforme prevê a Lei” explicou.

Esportes

A equipe de Governo da Prefeitura de Ponta Porã manteve o veto a realização de eventos ou práticas esportivas em especial ao futebol.

O Secretário de Governo e Comunicação, Eduardo Campos, disse que diversas entidades, clubes e grupos adeptos da prática do futebol vem pressionando o Executivo municipal para liberação dos campos para partidas amistosas e competições do esporte mais tradicional do país.

Em sua fala o prefeito Hélio Peluffo lembrou que os futebolistas precisam ter consciência do atual momento que busque aguardem e pratiquem outo esporte que não necessite de aglomeração de e pessoas, colocando em risco a sociedade.

“Uma pressão muito forte, peço aos desportistas que tenham paciência e colaborem evitando a aglomeração de pessoas, logo todos voltarão a prática do futebol”