Universitários que irão participar do Projeto passaram por treinamento e aprimoramento. (Foto: Assessoria)

Moradores de San Bernardino na Grande Assunção serão beneficiados com o Projeto de Atenção Básica de Saúde da Universidad Central Del Paraguay (UCP). Três professores doutores e 15 acadêmicos do quinto ano de medicina da unidade de Pedro Juan Caballero, estarão prestando atendimento dentro de um convênio firmado entre o reitor da universidade, engenheiro Luis Alberto López Zayas, com a prefeitura e as autoridades de saúde pública local.

O atendimento vai acontecer de 11 de janeiro a 11 de fevereiro, com as consultas ocorrendo das 9:00 as 18:00 horas de segunda a domingo, os plantões de urgência funcionarão 24 horas por dia inclusive aos finais de semana, na Clínica Médica Móvel da instituição que possui capacidade para o trabalho de consultas e procedimentos ambulatoriais, como já foi feito em dezenas de cidades do interior do Paraguai, beneficiando milhares de pessoas em outras oportunidades.

Durante os últimos dias os universitários escolhidos para participar do Projeto de Extensão receberam treinamento e passaram por aprimoramento em relação aos procedimentos e situações que deverão enfrentar durante o período de permanência no estágio. Foram dezenas de horas e preparações que deram uma melhor visão aos universitários do que irão encontrar no dia-a-dia e quais as melhores formas de agir de acordo com cada situação.

Também foram preparados os kits de materiais básicos de uso clínicos e medicamentos que serão distribuídos para os pacientes de acordo com as necessidades e a prescrição dos profissionais médicos que farão os atendimentos.

Localizada a cerca de 50 quilômetros da Capital Assunção, o município de cerca de 12 mil habitantes possui diversas atrações turísticas e de dezembro a fevereiro recebe milhares de visitantes atraídos pelas espaços públicos, do Lago de Ypacaraí, a vida noturna movimentada e é um dos locais preferidos para lazer dos moradores das diversas cidades da Grande Assunção.

A parceria elaborada entre o engenheiro Luis Alberto López Zayas, reitor da Universidad Central Del Paraguay, com autoridades da municipalidade de San Bernardino dentro do projeto Pro Saber, prevê um atendimento entre 1500 e 2000 mil pessoas. “Estamos em período de veraneio e milhares de pessoas procuram San Bernardino para passar suas férias, o que acaba sobrecarregando o sistema de saúde local e isso torna mais importante a presença da Clínica Móvel e dos profissionais e acadêmicos da UCP na cidade nesta época onde a principal atração é o Lago de Ypacaraí conhecido mundialmente”, disse o reitor.

A Clínica Móvel Sanber vai ficar instalada até o dia 11 de fevereiro no cruzamento das ruas G. Naumann com Connie M. de Villanueva no Bairro Colón.