Pedro Juan Caballero rejeita ‘estado de exceção’

Pedro Juan Caballero, cidade vizinha a Ponta Porã, rejeitou o ‘estado de exceção’ proposta pelo senador Blas Lano. Na terça-feira (19), a Mesa Departamental de Amambay, durante sessão ordinária, emitiu uma resolução como negativa ao projeto de lei.

O documento sugere, no entanto, que o autor da proposta mobilize as autoridades paraguaias para que façam o controle da entrada de estrangeiros no país.

A resolução pede ainda que a Polícia Nacional, a FTC (Força Tarefa Conjunta), Ministério Público, Tribunal de Justiça, e Migrações, realizem um trabalho contínuo de segurança.

Justificativa

Ao rejeitar a proposta, o Conselho Departamental, alegou que a medida pode colocar em risco os princípios democráticos, uma vez que ‘ameaça à liberdade de toda a população ativa’ de Amambay, principalmente de pequenos, médios e grandes empresários, além de residentes universitários, estrangeiros, nascidos em Pedro Juan Caballero e em outros municípios.

Veja também