Riedel avalia obras prioritárias em cidade da região

As obras prioritárias para a população de Caarapó, reivindicadas no Governo Presente e Municipalista, deverão iniciar em breve. As autorizações das demandas mais urgentes dos caarapoenses foram assinadas, nesta quinta-feira (1), pelo secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, no município.

Riedel viajou para Caarapó para ver de perto tanto as obras que estão em andamento como as prioridades elencadas pelo poder executivo municipal. “O modelo do Governo Presente tem como conceito ouvir o executivo municipal e os vereadores e a proposta disso é trazer melhorias efetivas na vida das pessoas, o bem-estar social é o nosso foco”.

Eduardo Riedel referiu-se ainda ao balneário municipal, onde foi autorizado o convênio para a construção de barragem e pavimentação asfáltica de acesso. “O balneário é um sonho de todos e por isso uma prioridade. Os investimentos chegarão a R$ 6 milhões por parte do Governo do Estado”.

Além da obra citada, Riedel assinou a autorização para a obra de pavimentação asfáltica e drenagem da Av. D. Pedro no município de Caarapó – MS e da execução de obra de infraestrutura (pavimentação e drenagem) no empreendimento de unidades habitacionais a serem contratadas com recursos do FGTS com contrapartida do Governo do Estado (Agehab).

Os recursos aplicados pelo Governo do Estado já beneficiam o agro caarapoense. “Temos aqui a construção de três pontes de concreto, sendo uma já construída em Cristalina. Um pedido da classe produtora”.

Plano de Retomada

O clima de otimismo do comércio de Caarapó aos poucos retorna. É o caso da dona Elisangela que tem uma padaria no centro da cidade já percebe com o avanço da vacina e com as medidas anunciadas pelo secretário Eduardo Riedel. Como a própria Elisangela ressaltou: “quase metade da população já foi imunizada”.

Do mesmo modo, Riedel salientou: “Tivemos que combater a pandemia, primeiro pensando na saúde, e neste caso a saída é a vacina. Já o plano de retomada reestrutura o modelo econômico, foi feito pensando nos setores mais afetados. Como vamos poder ajudar? A saída está no diálogo e no planejamento”.

O governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, apresentaram, ta segunda-feira (28) o plano de retomada econômica para os setores mais afetados pela pandemia. O valor do pacote é de R$ 763 milhões e serão aplicados para apoio e para recuperações de pequenas empresas. “Os 6.000 bares e restaurantes de Mato Grosso do Sul optantes pelo Simples Nacional, o que representa 95% do mercado, terão isenção total de ICMS até dezembro de 2022”, exemplificou Riedel.

Pax Primavera
Veja também

Ao continuar navegando nesse site, você concorda com o uso de cookies. Estou ciente Saiba mais